Tempo de revisar o telhado do condomínio, prédio, empresa, galpão Belo Horizonte e Região Metropolitana | Grande Belo Horizonte
Período de chuva exige manutenção preventiva do telhado para evitar gastos.

A falta de manutenção dos telhados pode provocar infiltração no prédio, condomínio, empresa, galpão danificando as estruturas comuns e também das unidades autônomas.
Para evitar os estragos, é fundamental que o síndico esteja em dia com a manutenção do telhado em dia.

Renovo Reformas explica
A vistoria bem feita é aquela que além de limpar e visualizar os furos nas calhas verifica se os rufos estão bem afixados, para não correrem o risco de cair e averígua se os condutores verticais não estão entupidos. O profissional também não pode se esquecer de trocar as telhas e verificar se as peças de madeira que dão sustentação estão em boas condições, livres dos cupins, por exemplo. Além disso, é preciso garantir que a parede interna do telhado, chamada platibanda telhado embutido, e a parede externa da caixa d´água não estão com o reboco solto. Caso contrário, a calha pode voltar a entupir e aí colocar a perder todo o trabalho de limpeza feito no telhado.

Responsabilidade Civil do Síndico Condomínio – Em caso de infiltração, se o problema for causado por falta de manutenção do telhado, o condomínio deve arcar com os prejuízos causados aos apartamentos do último andar. “é obrigação do condomínio ‘não deixar a bomba estourar’. Se estragar o apartamento do último andar, é obrigação do condomínio reparar”.

Já se a infiltração partir da cobertura, é o proprietário que deve ressarcir, se for o caso, os danos causados, além de providenciar os reparos. “São os próprios moradores que tomam conta. Se estiver infiltrando na unidade de baixo, o dono da cobertura deve se responsabilizar, porque o problema começou na área dele”,