top of page
  • Foto do escritorReformas Prediais BH: BH Construção | BH Manutenção Predial

Patologia na Construção Civil Fachadas de Condomínios e Prédios - Belo Horizonte

Atualizado: 1 de mai.

Patologia na Construção Civil Fachadas de Condomínios e Prédios - Belo Horizonte: as doenças das estruturas.



Patologia na construção civil: as doenças das estruturas.


Todo estudante ou praticante da medicina sabe o que é patologia e imediatamente liga isso a uma doença ou a uma condição que deve ser diagnosticada e tradada. Mas o que é a patologia na construção civil e como podemos utilizar esse termo para definir critérios para melhorar a manutenção corretiva e até preventiva de nossas estruturas?

Manifestação patológica ou patologia da construção civil

O termo “patologia” vem sendo usado na medicina para descrever problemas que o corpo humano enfrenta e as manifestações patológicas são seus sintomas. Na construção civil é muito parecido! As estruturas sofrem de “doenças” assim como o nosso corpo e deve ser tratado com tanto carinho quanto.

Exemplos de patologias nas estruturas

Recalque diferencial

De repente, um tempo depois da construção terminar, um canto da casa ou do prédio apresenta rachaduras a 45 graus. Isso é provavelmente uma manifestação patológica de recalque diferencial, que significa que o solo perto daquele canto cedeu mais do que o restante do solo, gerando um estresse na edificação que culmina na rachadura

Infiltração sob a janela

A umidade embaixo de janelas é comum, mas não deveria. Se a devida impermeabilização, com soleira e imperbeabilizante elástico, fosse feita, as paredes continuariam tão secas quanto em um dia seco.

Manchas de “escorrido” por fora do prédio, ao lado da janela

A correta maneira de se fazer uma soleira no parapeito da janela é deixar uma pingadeira de pelo menos 4 cm, com friso em baixo para forçar a água a pingar longe da parede e aqui é onde muita gente erra: pelo menos 2 cm para cada lado, para que a água não escorra para os lados e forme aquela mancha de “escorrido”.

Prevenção de manifestações patológicas

Segundo o guia Mãos à obra PRO; v. 1 (2013) muitos problemas encontrados nas habitações brasileiras decorrem do uso de materiais de baixa qualidade ou de serviços malfeitos, realizados por mão de obra despreparada ou inexperiente. Isso traz prejuízos aos proprietários com reformas precoces, chegando em alguns casos a afetarem a saúde dos moradores, como no caso de umidade em certos ambientes, mau cheiro proveniente de instalações hidráulicas precárias ou da instabilidade na rede elétrica interna, todos exemplos de patologia na construção civil.

Construções mal planejadas ou mal executadas estão diretamente relacionadas ao desperdício, durabilidade da construção, desvalorização do imóvel e podem comprometer a segurança de seus ocupantes, estando sujeitos a acidentes.

Deve-se então buscar uma solução combinada entre projeto, execução e manutenção preventiva prevenindo de prejuízos, garantindo durabilidade da construção e segurança. Cabe a nossa empresa executora elaborar todos os projetos necessários respeitando as exigências legais, executar um planejamento adequado utilizando as melhores práticas de gerenciamento de projetos, gerenciar o processo construtivo adotando as melhores práticas de execução referentes aos sistemas adotados e orientar os futuros moradores do empreendimento quanto as observações do manual do proprietário, caderno de especificações de materiais utilizados, orientações técnicas de manutenção e demais considerações importantes pós obra para a vida útil do empreendimento

Cuidados prévios

Antes de iniciar qualquer etapa construtiva no terreno será elaborado um laudo de vistoria de vizinhança em todas as edificações limítrofes ao empreendimento e àquelas que se julgarem pertinentes por empresa ou profissional contratado que estejam capacitados e que apresentem experiência com os mesmos.

Serão levantadas as condições dos estados dos imóveis por meio de levantamento descritivo e fotográfico, baseando-se em um documento legal visando evitar litígios em caso de danos aos imóveis do entorno da obra. O documento elaborado será registrado em cartório. Todos os proprietários dos imóveis vistoriados receberão uma cópia do laudo.

Informações sobre laudo de vistoria de vizinhança podem ser obtidas na NBR 13752 – Norma Brasileira para Perícias de Engenharia na Construção Civil e NBR12722 – Discriminação de serviços técnicos de engenharia.

Cuidado com projetos e planejamento

Toda atenção deve ser dada durante a concepção do empreendimento e durante a fase de planejamento, visando não executar elementos superdimensionados ou ineficazes em sua função. Por isso, são necessárias reuniões prévias ao início da construção do empreendimento entre os diferentes profissionais e escritórios de projetos para alinhamento quanto à temática de compatibilidade entre os projetos, adequação entre as especificações de materiais, adequação quanto a dimensões técnicas, respeito a todas as exigências legais e normativas vigentes. Recomenda-se realizar:

1ª Reunião

Integração entre os profissionais envolvidos, apresentação das medidas adotadas em cada projeto e compartilhamento de informações.

2ª Reunião

Levantamento de dúvidas entre os projetos e recomendações de alterações e correções.

3ª Reunião

Apresentação das propostas e medidas corretivas adotadas, nova rodada de compatibilização e sugestões de alterações.

4ª Reunião

Revisão final dos projetos e conferência da compatibilização de disciplinas.

Novas rodadas

Novas reuniões podem ser realizadas caso haja necessidade.

Cuidado quanto aos materiais

A preocupação em garantir a qualidade começa com a correta escolha dos insumos na etapa de projeto seguindo até o término da obra. Evitando-se comprometer o desempenho do empreendimento deve-se ater na correta especificação dos materiais conforme especificidade de cada sistema construtivo, sendo consultados arquiteto, projetistas, mestre de obras, consultores, fabricantes e entre outros que possam contribuir em uma escolha assertiva.

Deve-se ater a consulta das normas técnicas vigentes como ferramenta de auxílio na tomada de decisões. Outros parâmetros podem ser utilizados como:

Influência do material no conforto térmico

Durabilidade

Certificações (veja o artigo sobre PBQP-H)

Disponibilidade do material na região da obra

Disponibilidade de mão de obra qualificada para a execução do serviço com o material escolhido

No canteiro de obras, ficam ao encargo do almoxarife, mestre de obras e engenheiro residentes estarem atentos quanto ao manejo dos materiais nos momentos de compra, recebimento, estoque e descarte.

Cuidado quanto aos processos executivos

Cuidados com patologias nas estruturas

Na concepção dos projetos, como exemplo o projeto estrutural, serão respeitados as indicações técnicas abordadas nas referidas normativas vigentes, como exemplo a NBR 6118 – Projetos de estruturas de concreto – Procedimento, respeitando dimensões, estados limites de dimensionamento, dimensões das armações, espaçamentos, cobrimento, relação a/c do concreto, fck, dimensões máximas dos agregados dentre outras especificidades que contribuam para uma adequada execução dos elementos construtivos e auxiliem na mitigação de possíveis problemas patológicos.

Durante o processo executivo é imprescindível o monitoramento e controle, estando os encarregados, mestre de obras e engenheiro civil residentes acompanhando diariamente e fiscalizando o desenvolvimento das atividades para evitar o aparecimento de patologia na construção civil.

Cuidado com patologias por infiltração

A etapa de execução da impermeabilização de todo o empreendimento deve ser realizada por pessoal ou empresa especializada no ramo, sendo acordado entra as partes a garantia do serviço prestado.

Além do respeito as normativas relacionadas, NBR 9574 – Execução de impermeabilização e NBR 9575 – Impermeabilização – seleção e projeto, no canteiro de obras devem ser orientados os encarregados, mestre de obras e aplicadores dos procedimentos a serem respeitados e especificações técnicas e executivas segundo orientação dos fabricantes dos materiais selecionados. Alguns outros cuidados a serem tomados são:

Execução de painel teste/amostra para verificar a adequação do material e sistema de impermeabilização selecionados;

Rígida fiscalização dos procedimentos executivos;

Inclinação mínima do substrato em direção dos coletores conforme normativa vigente;

Execução de ensaio de estanqueidade respeitando o mínimo de 72h de lâmina de água;

Adequada execução de proteção mecânica dos sistemas de impermeabilizações que requererem.

Devem ser tomadas providencias preventivas quanto a correta execução dos peitoris das janelas com os devidos caimentos e assentamento de soleiras com pingadeiras conforme detalhamento da figura a seguir.

Quanto a vedações das esquadrias, a empresa fabricante é responsável pela instalação seguindo orientações técnicas da construtora, sendo exigido uma perfeita instalação e vedação. Todas as esquadrias devem ser fiscalizadas quanto a qualidade de instalações, possíveis não conformidades devem ser sanadas.

Cuidado com trincas e fissuras

Uma das principais patologia na construção civil é o surgimento de trincas e fissuras, que segundo o guia Mãos à obra PRO; v. 1 (2013) pode ter diversas causas. Fissuras na parede ou na estrutura podem estar associadas a análise e tratamento equivocado do solo ou à escolha de um tipo inadequado de fundação, podendo ocorrer como exemplo recalques diferenciais.

Fissuras na estrutura de concreto armado podem estar correlacionados a, por exemplo:

Um equivocado dimensionamento

Corrosão de armadura

Alguma sobrecarga não prevista.

Quanto ao item de sobrecarga da estrutura, existe um cuidado a ser tomado quanto ao armazenamento de materiais durante a construção da obra, sendo possível consultar o projetista estrutural sobre as cargas admissíveis dimensionadas evitando-se a concentração de materiais em pontos em que a estrutura não esteja dimensionada para tais cargas.

Fissuras podem ocorrer também devido à dilatação de materiais ou à falta de amarrações entre a alvenaria de vedação e a estrutura. Quando a execução das alvenarias os cuidados a serem tomados são:

Manuseio da argamassa de assentamento

Utilização de blocos de boa qualidade

Verificações quanto a linearidade, prumo, esquadros, amarração entre alvenaria e estrutura

Encunhamento com argamassa expansiva pré-dosada

Uso de telas de fixação entre a alvenaria e estrutura conforme figura a seguir.

Por fim, podem ocorrer fissuras diagonais, localizadas nas quinas de portas e janelas, resultantes de esforços sobre os vãos. Cuidados a serem tomados com o uso de vergas e contravergas pré-fabricadas no canteiro de obras.

Cuidado com os destacamento e manchas em revestimento de pisos e paredes

Na especificação dos revestimentos a serem utilizados para o empreendimento deve-se tomar o devido cuidado quanto a

Absorção de água

Expansão por umidade

Resistência ao gretamento

Resistência ao manchamento

Resistência a ataque químico

PEI

Demais especificidades para cada local de aplicação.

Durante o processo de assentamento dos revestimentos, os serviços devem fazer o correto uso das argamassas colantes (ACII e ACIII) conforme revestimentos e locais de aplicação, dupla colagem quando necessário e respeito ao tempo aberto da argamassa conforme especificação do fabricante.

Cuidados com revestimentos

Durante a construção cabe ao engenheiro residente e ao mestre de obras estarem acompanhando e fiscalizando o recebimento, qualidade, movimentação e aplicação das argamassas devendo-se respeitar o tempo máximo de aplicação conforme orientações do fornecedor. Em nenhuma hipótese deve-se alterar o traço da argamassa em canteiro de obra e utilizar a mesma em serviços não especificados para tal fim.

O processo executivo também será fiscalizado, verificando-se:

Correta execução do chapisco e cura, chapisco rolado sobre as alvenarias e chapisco com desempenadeira dentada sobre a estrutura;

Execução do revestimento interno entre 5 mm e 20 mm;

Execução do revestimento externo entre 20 mm e 30 mm, uso de telas entre as interfaces entre a estrutura e entre camadas com espessura maiores que 30 mm. Respeitando as especificações do projeto de fachadas;

Atenção quanto ao correto desempeno dos revestimentos;

Fiscalização rigorosa quanto ao uso inadequado de gesso pelos trabalhadores para aceleração da pega das argamassas;

Fiscalização quanto a adição indevida de água.


Inteligência artificial aplicada a reformas comerciais.

A inteligência artificial emergiu como uma tecnologia preparada para transformar essa indústria. À medida que entramos nesta próxima fronteira da tecnologia de construção, é essencial compreender o que é a inteligência artificial e como esta oferece soluções únicas para aumentar a produtividade e o desempenho da indústria da construção. Mas como a inteligência artificial aplicada a reformas comerciais pode melhorar o nosso setor?

O que fazer e o que não fazer em uma reforma comercial?

As empresas estão sempre em busca de maneiras de melhorar seus espaços comerciais para atrair mais clientes e melhorar sua eficiência operacional. Nesse sentido, as reformas comerciais desempenham um papel crucial. Através de uma reforma bem planejada e executada, é possível transformar um espaço comercial desatualizado em um ambiente moderno e funcional, o que pode levar a um aumento nas vendas e na satisfação do cliente.

No entanto, realizar uma reforma comercial não é uma tarefa fácil. Há muitos fatores a serem considerados, desde o planejamento e preparação até a escolha dos profissionais adequados e a execução da obra. Por isso, o objetivo deste artigo é fornecer dicas práticas do que fazer e do que não fazer em uma reforma comercial para ajudar os empresários a alcançarem os melhores resultados possíveis.

Como fazer reforma de loja em shopping

Reformar uma loja em um shopping envolve muitos fatores e detalhes, desde o planejamento até a conclusão da obra. É preciso ter experiência e conhecimento sobre o que é necessário para reformar de forma adequada, evitando desperdícios e atrasos. Neste artigo veremos como fazer reforma de loja em shopping e quais são os principais pontos a serem considerados, como custos, prazos, cuidados especiais, documentos, trabalho noturno e muito mais. Vem comigo!

Quais são os tipos de reforma mais procurados?

Quando pensamos em mudanças em nossa casa ou escritório, a primeira coisa que vem à cabeça é a reforma. Existe também o caso de que, diferente de uma mudança, precisamos consertar alguma coisa. Em ambos os casos, sempre fica aquela dúvida do que fazer. Afinal, quais são os tipos de reforma mais procurados? Qual é a mais indicada para cada caso? Veja abaixo!

Por que reformar?

Existem vários tipos de reforma, como você verá na sequencia deste post, mas o mais importante é saber os motivos para reformar. Isso é essencial porque cada motivo tem uma urgência, uma especificação de prestadores indicados e, claro, um preço. Seja qual for o seu motivo, continue lendo para chegar até o que se encaixa melhor para você!

Patologia na construção civil: as doenças das estruturas

Todo estudante ou praticante da medicina sabe o que é patologia e imediatamente liga isso a uma doença ou a uma condição que deve ser diagnosticada e tradada. Mas o que é a patologia na construção civil e como podemos utilizar esse termo para definir critérios para melhorar a manutenção corretiva e até preventiva de nossas estruturas?


Como calcular o preço do metro quadrado,

Quais reformas valorizam o imóvel,

Como fechar varanda ou sacada com vidro,

Como resolver problemas e impasses de obra,

Por que chuva atrasa o cronograma de obra,

Dicas para reformar apartamentos antigos,

Reforma em Belo Horizonte Quanto custa e como fazer,

Empresa de reformas em geral Principais dúvidas,

Como fazer reforma de loja em shopping,

Como é reformar uma loja de roupas,

Quem deve prestar a garantia de obra,

Como é reformar uma loja de roupas,

Quem deve prestar a garantia de obra,

Diferenças entre reformas comerciais e residenciais,

Como fazer obra para abrir franquias,

Revestimentos Metálicos Usos e Benefícios,

Como se planejar para uma reforma residencial ou comercial,

Como economizar em reformas de casa e apartamento,

Quais são os tipos de reforma mais procurados,

Inteligência artificial aplicada a reformas comerciais,

Garantia de obra,

Como criar um layout eficiente para sua loja de varejo,

O que fazer e o que não fazer em uma reforma comercial,

Como fazer construção com contêiner,

Como negociar com empreiteiros sobre reforma comercial,

Infiltração na Construção Civil O Guia Definitivo,

Construção tradicional ou construção a seco na reforma,

Reforma de apartamentos tipo loft,

Dicas de como reformar a casa para o Home Office,

Como calcular o custo para reforma de telhado,

Como evitar acidentes de trabalho em obra para proteger a todos,

A importância de um bom memorial descritivo,

Patologia na construção civil as doenças das estruturas,

Manutenção Predial Planejamento e Execução,

Mudanças de paredes,

Aberturas de vãos,

Construção de elementos estruturais como vigas pilares,pisos lajes,

Construção de telhados e coberturas,

Mudanças elétricas hidráulicas gás e ar-condicionado,

Construção de forro de gesso,

Qual o melhor piso para casa com pets,


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pintura - Orçamento Grátis

Quando fazer a pintura de fachada de condomínio prédio? Problemas na fachada do condomínio prédio são capazes de desvalorizar muito um imóvel. Por isso, é importante saber reconhecer o melhor momento

BH Reformas BH #

A vida útil de um revestimento de pintura pode variar entre 05 a 07 anos aproximadamente. Isto dependerá de alguns fatores. BH_Reformas_BH

bottom of page