É só clicar aqui!   |   Orçamento Grátis Limpeza de Fachada Orçamento Gratuito

 

Limpeza de fachada: técnicas, cuidados e dicas.

A limpeza de fachada é um trabalho indispensável para manutenção e beleza externa de prédios. Mas como essa limpeza deve ser executada?

Existem muitos detalhes importantes que devem ser avaliados para garantir a qualidade e a segurança do serviço.

 

Qual a importância da limpeza de fachada?

 

Valorização do imóvel

Um dos principais motivos para realizar a limpeza da fachada é a valorização do imóvel. A limpeza realça e valoriza os elementos utilizados na arquitetura, além de reparar danos que atrapalham visualmente o potencial estético da fachada.

E é claro que uma fachada bonita e bem conservada impacta no valor de mercado do imóvel.

Evitar danos estruturais

A limpeza frequente da fachada também é importante para evitar e prevenir danos estruturais no edifício.

Rachaduras, trincas, infiltrações e peças quebradas são reparadas durante o processo de limpeza.

Esse procedimento é fundamental para garantir a saúde da edificação e evitar danos maiores ao imóvel no futuro.

Conservação e facilidade de manutenção

Além de reduzir custos no futuro, já que a prevenção evita danos maiores, a limpeza também facilita as próximas manutenções, tornando-a mais fácil e simplificada, pois o acumulo de sujeira e detritos é menor.

Prevenção de acidentes

Peças soltas em fachadas de vidro e cerâmica são um risco enorme para a vida dos pedestres que circulam embaixo da fachada do prédio.

A limpeza e a manutenção da fachada previne esse tipo de acidente e, indiretamente, demonstra aos moradores e transeuntes que a administração do prédio zela e cuida do bem estar de todos.

Em se tratando de um prédio comercial, essa preocupação ainda agrega valor positivo às marcas que estão associadas a ele.

Cuidados na limpeza da fachada

Planejamento e organização

A primeira etapa da limpeza da fachada de um edifício é o planejamento e organização.

De acordo com o Código Civil Brasileiro no artigo 1.348, essa responsabilidade é do sindico do prédio. Portanto, compete a ele todo o planejamento da limpeza.

É de responsabilidade do sindico também definir se será contratada uma empresa terceirizada para execução do serviço ou se a limpeza será realizada de modo direto, com profissionais contratados pelo condomínio.

Outro ponto importante na etapa de planejamento da limpeza da fachada é determinar a melhor época do ano para fazer o procedimento.

O mais indicado são os meses de outono e primavera, quando as temperaturas são mais amenas e as chuvas são pouco frequentes.

Também é fundamental isolar a área em torno do prédio para evitar acidentes, como queda de ferramentas ou produtos de limpeza sobre quem transita no local.

Tipo e grau de sujeira

Antes de iniciar o processo de limpeza da fachada é muito importante saber de antemão o tipo e o grau de sujeira.

Em locais com muita poluição, como os grandes centros urbanos, essa sujeira tende a ser maior e mais difícil de ser removida.

O tempo entre uma limpeza e outra também vai impactar no grau de sujidade da fachada. De modo geral, quanto mais tempo sem limpar, mais suja a fachada tende a estar.

Produtos de limpeza

Determinar o tipo de sujeira é importante também para saber quais produtos de limpeza deverão ser utilizados.

Fachadas com sujeiras mais difíceis de serem removidas precisam de produtos considerados não alcalinos, ou seja, mais abrasivos e com maior poder de limpeza.

Já as fachadas onde a limpeza é realizada com regularidade e a sujeira este menos impregnada, a opção deve ser por produtos alcalinos, como detergentes neutros.

Lembrando que a escolha do produto também deve levar em consideração o tipo de material utilizado na fachada, já que alguns produtos podem corroer e danificar o material. Confira a seguir os materiais mais comuns utilizados em fachadas e a recomendação de limpeza para cada um deles:

Concreto ou alvenaria

As fachadas com acabamento simples em alvenaria, ou seja, aquelas finalizadas apenas com pintura devem ser limpas com escovação ou lavagem. Os produtos mais indicados para esse tipo de fachada são não alcalinos, uma vez que a sujeira costuma estar mais impregnada nesse tipo de material.

Vidro

O vidro é um material nobre e que agrega muito valor a fachada de prédios. No entanto, o material exige limpeza mais frequente, uma vez que a sujeira é percebida com maior facilidade.

Nesse caso, os detergentes são os produtos de limpeza mais indicados, já que não provocam manchas na superfície do material.

Aço

As chapas de aço são modernas e estão cada vez mais em uso nas fachadas de prédios comerciais e residenciais. A limpeza desse tipo de material é bem especifica e exige conhecimento prévio. O uso de produtos de limpeza alcalinos é o mais recomendado para esse tipo de fachada.

Cerâmica

A cerâmica é um dos materiais mais populares no acabamento de fachadas. O método de limpeza mais indicado nesse caso é o da escovação ou lavagem, feita, geralmente, com produtos alcalinos como detergentes.

Execução do serviço

Depois do planejamento é hora de partir para a execução da limpeza da fachada. Aqui, o sindico tem duas opções: contratar os profissionais de modo direto ou fechar o serviço com uma empresa terceirizada.

Hoje em dia existem diversas empresas que realizam limpeza de fachada. A vantagem dessa terceirização é que a empresa contratada fica responsável por tudo: pelos profissionais, produtos de limpeza e segurança. O condomínio precisa apenas fazer o pagamento pelo serviço.

Mas se a intenção for pela contratação direta, então é o condomínio que precisa se responsabilizar pela segurança dos profissionais e por todos os materiais necessários para realização do serviço.

Técnicas de limpeza de fachada

Existem diversas técnicas diferentes utilizadas para limpeza de fachadas. A escolha entre uma e outra, depende, sobretudo, da altura do prédio. Veja a seguir as opções mais seguras e utilizadas:

Andaimes

Os andaimes são estruturas metálicas montadas para que o profissional de limpeza consiga ter acesso a todos os pontos da fachada. Essa é uma opção segura, no entanto, não é recomenda para edifícios com mais de 40 metros de altura.

O andaime também exige espaço para instalação, ou seja, é necessária uma medida mínima de calçada para sua montagem.

Ferramentas manuais

A limpeza com ferramentas manuais é recomendada apenas para prédios baixos e, ainda assim, com ressalvas, já que ela expõe o trabalhador a riscos iminentes. Isso porque o profissional utiliza as janelas como ponto de apoio para a limpeza que, geralmente, é realizada apenas com um rodo e escova de mão.

Outro problema é a eficácia desse tipo de limpeza, já que nem sempre é possível ter acesso a todos os pontos do prédio.

Plataforma

A plataforma elevatória é o método de limpeza mais seguro e eficiente que existe atualmente quando o assunto é manutenção de fachadas.

Nesse tipo de limpeza, o profissional é conduzido até o ponto de limpeza por meio de uma plataforma fixada em um caminhão.

Alpinista

Quase um esporte de aventura, a limpeza de fachada com alpinista, conhecida também como rapel, é realizada por meio de cabos de aço por onde o profissional fica suspenso no ar.

Esse método de limpeza é indicado para edifícios muito altos, onde a plataforma elevatória, por exemplo, não seria suficiente.

Para esse tipo de limpeza é fundamental contar com profissionais altamente capacitados.

Periodicidade de limpeza

Após a conclusão da limpeza é importante já marcar a data para a próxima manutenção.

Cada município possui uma regra especifica para determinar de quanto em quanto tempo as fachadas de prédios precisam ser limpas. De modo geral, esse prazo varia entre 3 a 5 anos.

Normas de segurança para limpeza de fachada

As normas de segurança são importantes para prevenir acidentes envolvendo tanto os trabalhadores, quanto as pessoas que transitam nas proximidades do prédio.

Essas normas podem variar de município para município, mas existem algumas que são válidas no país inteiro, como é o caso da norma NR35 emitida pelo Ministério do Trabalho.

Essa norma diz respeito aos cuidados a serem tomados em serviços realizados em grandes alturas e deve ser respeitada tanto pelos funcionários, quanto pelas empresas.

A norma exige o uso de equipamentos de proteção individual e coletiva, como é o caso de cordas, capacetes, coletes e redes de segurança.

Antes de realizar a limpeza da fachada é importante se atentar para todas as normas e verificar junto com a prefeitura se existem outras normas, regras ou legislações a serem respeitadas em âmbito municipal.

Preços de limpeza de fachada

Os preços para limpeza de fachada são muito variáveis e dependem de vários fatores, como a altura do prédio, o tipo de material utilizado na fachada, o grau de dificuldade para realização de limpeza e o método que será utilizado.

O custo total é calculado por metro quadrado. Só para você ter uma ideia, o método de limpeza com valor mais baixo no mercado é o de limpeza manual, com valores a partir de R$ o metro, enquanto a limpeza com plataforma elevatória é a mais cara, com valores a partir de R$.

Já o material com custo de limpeza mais alto é o vidro, podendo custar R$ por metro, seguido do concreto (R$), da cerâmica (R$) e, por fim, o aço com custo médio de limpeza a partir de R$.

Lembrando que ainda é preciso acrescentar nesses custos o valor dos produtos de limpeza e o aluguel dos equipamentos, como andaimes e plataformas.

3,

33,

333

3333,

33333,

333333